segunda-feira, 9 de março de 2009

Bob Sands no concerto mais concorrido do "Seia Jazz & Blues 2009"

Não é todos os dias que se tem assim acesso ao som de uma big band e Seia teve esse privilégio. Com o saxofonista Bob Sands e mais 17 músicos em palco, em mais uma noite memorável.


Com Bob Sands e a sua Big Band no palco da Casa da Cultura, valorizou-se sobremaneira o “Seia Jazz & Blues”, um festival que se tem afirmado pela qualidade ao longo destes cinco anos de existência.



O público que encheu por completo o cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia encontrou-se verdadeiramente com uma big band, ao estilo de Count Basie, Glenn Miller e Duke Ellington.



fotos: Visor / Seia

Paula Oliveira uma das principais vozes do Jazz nacional

Senhora de uma voz portentosa, Paula Oliveira mostrou e comprovou em Seia porque é que é considerada uma das principais vozes do jazz nacional.





quarta-feira, 4 de março de 2009

O Jazz foi à escola

O programa do Festival incluiu uma rubrica designada “O Jazz vai à escola”, tendo este ano sido contemplados os alunos da EB 2,3 Reis Leitão, de Loriga e EB 2,3 Tourais / Paranhos. Decorreu igualmente um Workshop de Blues no Centro Musical de Seia, estando previsto um outro, de voz, com Paula Oliveira, no Conservatório de Música de Seia.
Neste fim de semana é a vez do Jazz subir ao palco da Casa Municipal da Cultura. Na sexta-feira será a vez de Paula Oliveira, a melhor cantora de Jazz da actualidade em Portugal e no Sábado, o saxofonista americano a residir em Madrid, Bob Sands trará aquela que é considerada a melhor banda de Jazz da actualidade em Espanha. Serão mais de 20 músicos em palco do cineteatro, num momento que será único.
Mais do que previsíveis bons momentos, a não perder, em Seia.



segunda-feira, 2 de março de 2009

Sherman Robertson em Seia


video


Fotos: João Carlos Botelho (Visor - Seia)

domingo, 1 de março de 2009

Concerto memorável como há muito não se via em Seia

28 Fevereiro - Sherman Robertson


Concerto memorável, como há muito não se via, ou ouvia em Seia. Exímio guitarrista, Sherman Robertson vibrou e fez vibrar o público, rendido aos blues genuínos, ou não fosse Sherman ter nascido no Louisiana. Profundo na guitarra, excelente na voz, confirmando os créditos anunciados, entre eles o facto de Paul Simon o ter convidado para o seu disco “Graceland”.


Mas a noite na Casa Municipal da Cultura de Seia foi bastante electrizante e fora do comum, muito também por culpa do baixista, de excelente nível, do baterista irrepreensível e do teclista extraordinário.



Assim se viu porque é que Sherman Robertson, que veio de Inglaterra de propósito para este concerto em Seia, é considerado um dos mais novos expoentes do zydeco, hard-swinging Texas electric blues, R&B e Louisiana Blues.


Aspecto da Feira do Livro e do Disco Jazz, no Foyer do Cineteatro da
Casa Municipal da Cultura de Seia.

No final, Sherman a dar autografos aos admiradores, rendidos ao perfume dos blues mais genuínos a que Seia já assistiu.